Meus Assuntos
Ir para o topo
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compatilhar em outra redeSocial
UX Design - Perfis de Atuação
Hordusy
Equipe
Bianca Poltronieri de Aguiar, Guilherme B. Steffen
Orientador(es)
Heli Meurer, Andréa Capra, Luciana Hahn Menezes
26 de Junho de 2018
Hordusy

Observação

Definição do Tema

Inicialmente, formulou-se uma lista de sugestões de temas para o desenvolvimento do aplicativo. A seguir, serão apresentados cada um deles e suas funções resumidamente: 

  • O que comer hoje?
    Lista de sugestões de pratos a serem preparados, conforme o perfil previamente criado pelo usuário. Destina-se a pessoas que gostam de diversificar (comer algo diferente) em suas refeições ou que não sabem o que fazer para comer durante o dia.
  • My Market
    Aplicativo que ajudasse a localizar produtos nas gôndolas de supermercados, bem como localizar caixas livres, desta forma tornando a ida ao mercado mais fácil e ágil.
  • Destino Infinito
    Disponibilizar uma lista de locais credenciados para realizar o descarte de objetos, bem como mostrar possíveis locais para realizar doações conforme a proximidade do usuário. Caso a pessoa não queira se desfazer do produto, poderá encontrar um catálogo de sugestões de reutilização para o objeto.
  • Coffee Date
    Aplicativo integrado a uma xícara tecnológica que avisaria através de cores, imagens, palavras, sobre algum evento previamente inserido pelo usuário. O objeto funcionaria como um despertador e o aplicativo como uma agenda, um organizador do evento.
  • Daily Garden
    Aplicativo que auxilia na realização de plantações de hortas caseiras, ajudando nos cuidados diários, dando sugestões, calculando épocas de plantio e colheita, entre outras ferramentas que facilitam a produção de hortas em casa.

 20180304_173642.jpg

Processo de escolha do tema para o aplicativo 

 

Desta primeira etapa, selecionou-se três sugestões que mais chamaram atenção (sinalizados pelos post-it coloridos) para fazer uma análise mais profunda sobre eles.

 

20180304_174004.jpg

Análise das propostas dos temas selecionados anteriormente

 

Após analisar as propostas, foi determinado que o aplicativo a ser desenvolvido seria o Daily Garden.

 

20180304_173850.jpg

Propostas para o tema escolhido: Daily Garden

Cenário

Cenário consiste em um conjunto de informações sobre diversos locais físicos e o público que se identifica com este espaço. Sendo esta etapa dividida em 4 perguntas: Onde? Quando? Quem? Por que?

 

Cenário_MODIFICADO-02.jpg

 

 

20180304_181617.jpg

Processo de criação do cenário

Personas e Mapa de Empatia

Persona

Persona é a representação de um usuário com características específicas do público-alvo pretendido. As principais atividades deste personagem é associado ao contexto do projeto desenvolvido. Como exemplo, foram criadas quatro personas: Renato, Miriam, Ernesto e Bruna. A seguir, apresenta-se as características de cada um deles.

Personas_final-01.jpg

 

Mapa de Empatia

Mapa de Empatia consiste em um perfil do "cliente ideal" a partir do sentimentos dele.

"Compreende o estado emocional do outro ao colocar-se no lugar dele — permite ver situações sob perspectivas diferentes e entender as razões pelas quais indivíduos agem de determinada forma" - Mônica Custódio

Estes sentimentos são divididos em o que a pessoa pensa e sente, ouve, vê, fala e faz, e também em suas dores e necessidades.

Abaixo encontram-se os perfis de cada uma das personas criadas anteriormente.

 

Mapa da Empatia-01.jpg

Mapa da Empatia-02.jpg

Mapa da Empatia-03.jpg

Mapa da Empatia-04.jpg

Proposta de Valor para o Usuário

A execução da Proposta de Valor serve para visualizar com mais lucidez se estamos entregando uma solução ideal ao nosso cliente. 

As ferramentas de desenvolvimento de usuários (Personas e Mapa de Empatia), criadas anteriormente, tem como objetivo, neste momento, explorar os principais blocos do Canvas do Modelo de Negócios

O quadro abaixo tem como finalidade auxiliar na compreensão do universo de nosso cliente e também como o aplicativo Horta Urbana se enquadra às necessidades do seu nicho:

Proposta de valor-02.jpg

Modelo de Negócios

O Modelo de Negócios é uma estratégia padronizada de uma organização onde descreve a lógica de criação, entrega e captura de valor da empresa.

 

Business Model Canvas

O padrão global Business Model Canvas, criado por Alexander Osterwalder, revolucionou a maneira como empreendedores e empresas desenvolvem seus novos negócios ou produtos.

Decidiu-se utilizar este padrão para definir e orientar, de forma visual, o nosso modelo de negócios. A utilização desta ferramenta permitiu a discussão e integração de percepções sobre como o Horta Urbana deve atuar.

business_model_canvas-02.jpg

 

Lean Canvas

É uma ferramenta criada por Ash Maurya com base no Business Model Canvas. Entretanto, este novo modelo substitui 4 dos 9 blocos originais para trabalhar aspectos de maior risco na criação de negócios. O objetivo da ferramenta é encontrar o encaixe entre problema de mercado e solução oferecida pela startup.

Desenvolveu-se o Lean Canvas para dar maior ênfase em hipóteses que precisam ser validadas inicialmente na criação do Horta Urbana. Ela ajuda a colocar em evidência as circunstâncias mais importantes para a construção do aplicativo, evitando perder tempo em questões que podem ser trabalhadas mais a frente no desenvolvimento do negócio.

Lean_canvas-01.png

Hordusy

Análises

Termos Pertinentes ao Projeto

Para compreender melhor o aplicativo em desenvolvimento, realiza-se uma busca de palavras que tenham relação com o tema do projeto. A partir desta lista de termos podemos definir, com mais facilidade, algumas etapas da criação do produto final, como naming, ícones, imagens, etc.

A tabela abaixo apresenta os termos selecionados e suas possíveis definições denotativas e conotativas. Na última coluna do material, determina-se a qual conceito (denotativo ou conotativo) a palavra se enquadra para o desenvolvimento do projeto.

Termos do Projeto-05.png

Similares e Referências

Para a etapa de análise do projeto foram selecionados dois aplicativos semelhantes e dois aplicativos de referência. No que segue, eles serão estudados mais a fundo, levando em consideração pontos técnicos de usabilidade, funcionalidade e estética. Desta forma, o grupo poderá definir com mais facilidade questões importantes para a construção do seu aplicativo.

A tabela abaixo apresenta algumas informações sobre os aplicativos selecionados, tais como sua descrição e demais dados relevantes, seus pontos positivos e negativos, o que pode ou não ser realizado dentro de suas funcionalidades.

 Tabela Similares e Referências-01.png

Justificativa e prints das telas dos aplicativos selecionados

Vegetable Pot Garden

O Vegetable Pot Garden é uma ferramenta que auxilia no planejamento, preparo e execução de uma horta, com textos, fotos e vídeos. Além disso, o aplicativo possui também um espaço para debate entre os usuário. Ele foi selecionado pelo grupo por ter uma fácil navegação.

 Print do app_Vegetable Pot Garden-01.png

 

Plantit

A ferramenta é intuitiva, com um layout simples e direto. O aplicativo é um manual de como cultivar com sucesso uma horta. O destaque do aplicativo é a organização e precisão para apresentar a informação necessitada pelo usuário.

 Print do app_Plantit-02.png

 

Plantix

O Plantix foi selecionado por ter suas funcionalidades bem definidas e organizadas. É um aplicativo que conta com uma lista de possíveis patógenos que podem afetar sua horta. Com auxílio de uma simples foto de celular o usuário consegue obter o diagnóstico de doenças, pragas e deficiências nutricionais. Este aplicativo, diferente dos demais, possui um site próprio com mais informações e detalhes sobre a ferramenta, bem como um vídeo institucional (explicativo).

Print do app_Plantix-03.png 

 

Minha Horta

O aplicativo tem uma grande quantidade de informações sobre hortaliças. A ferramenta foi escolhida por apresentar a possibilidade de visualizar dicas, benefícios e calendário para se plantar, destacando a funcionalidade que permite o usuário compartilhar informações e fotos sobre sua horta.

Print do app_Minha Horta-04.png

Análise Funcional e de Uso

De que adianta um aplicativo ter um nome importante ou ter uma proposta de tema inspirante se o layout do produto é confuso e cansativo ou se suas funcionalidades e usabilidades não forem satisfatórias ao usuário. As consequências são claras quanto a isso, ele será deletado da lista de aplicativos do utilizador e provavelmente não terá uma boa reputação em comparação aos dos seus concorrentes.

A seguir serão apresentadas análises quanto a funcionalidade e usabilidade dos aplicativos selecionados como semelhantes e referências. Estes estudos dividem-se em appmap, wireflow e wireframe. Por fim apresenta-se uma tabela com requisitos, restrições e possibilidades que podemos extrair deles para a criação do aplicativo do grupo.

 

 APPMAP

 

Appmap_Vegetable Pot Garden-01.png

 

Appmap_Plantit-02.png

 

Appmap_Plantix-03.png

 

Appmap_Minha Horta-04.png

 

 WIREFLOW

 

1_wireflow_Vegetable Pot Garden-04.png

 

2_wireflow_Plantit-03.png

 

3_wireflow_Plantix-01.png

 

4_wireflow_Minha Horta-02.png

 

 WIREFRAME

 

Wireframe_Vegetable pot garden-01.png

 

Wireframe_Plantit-02.png

 

Wireframe_Plantix-03.png

 

Wireframe_Minha Horta-04.png

 

 REQUISITOS, RESTRIÇÕES E POSSIBILIDADES

 

Requisitos restriçoes e possibilidades-01.png

Análise da Identidade

Quem nunca ouviu a frase: “É preciso ser visto para ser lembrado”. Afinal, o primeiro contato gráfico que o usuário tem com um aplicativo é com a sua identidade visual. Ela tem grande influência sobre as pessoas. Algo exagerado demais gera desconforto, algo simples demais gera desconfiança. É preciso encontrar um meio termo, mostrando que a plataforma é séria e segura.

A tabela que segue apresenta uma visualização geral da identidade visual dos aplicativos escolhidos como semelhantes e de referência.

 

Tabela Identidade Visual-01.png

Verificação e Resultados (Infográfico)

Unir todos os dados coletados é a melhor forma de visualizar a análise, facilitando a definição de conclusões e agrupando informações obtidas dos concorrentes.

A tabela a seguir reúne os dados apresentados anteriormente sobre os aplicativos definidos como semelhantes e de referência. A partir dela é possível construir uma conclusão mais aprofundada e por fim montar uma lista de verificações para a criação do aplicativo do grupo.

 

Dados coletados dos aplicativos

Tabela Similares e Referências - GERAL-01.png

 

Tabela de Verificação

tabela verificação-01.png

 

Infográfico

Clique aqui para acessar o infográfico desenvolvido pelo grupo.

Hordusy

Reconstrução

Organizando as Ideias

Após analisar os aplicativos de referência e similares é possível organizar uma lista de funcionalidades e conteúdos que o programa desenvolvido pelo grupo pode conter. A seguir, será apresentado esta relação de ferramentas.

Lista de funcionalidades e conteúdos

  • Lista de hortaliças para plantar por região (localização)
  • Dicas de plantação e planejamento
  • Tabela com as plantações por época, período de plantar e colher
  • Filtros para encontrar informações
  • Notificações importantes
  • Informações sobre o clima, temperatura
  • Informações de cuidados extras ao cultivo (eliminação de pragas, por exemplo)
  • Configurações de idioma e localização
  • Assistência online
  • Galeria de fotos
  • Troca de experiência entre usuários
  • Informações em tempo real
  • Definição de termos pertinentes ao assunto
  • Perfil personalizado
  • Chat entre usuários
  • Identificação de plantas

Com base em cada item da lista anterior foi organizado um quadro dividindo este tópicos em classes específicas que auxiliarão o grupo a montar o aplicativo posteriormente. Neste painel identificou-se cinco níveis diferentes de categorias. Observe a imagem e os esquemas que seguem.

Funções e Conteúdos-01-01.jpg

Construção do quadro de categorias

 Reconstrução_organização-02.png

Reconstrução_organização-01.png

 

User Stories

Com a lista de possíveis funcionalidades e conteúdos desenvolvida, elabora-se as histórias dos usuários. Ou seja, montar uma narrativa que envolve um ator, uma ação e possíveis funcionalidades. Para esta etapa, será utilizado as personas criadas anteriormente.


 personas-01.png

ATOR
Administrador com hábitos saudáveis e naturais, mas com pouco conhecimento em plantação

AÇÃO
Gostaria de cultivar sua própria horta em casa, o mais orgânico possível

FUNCIONALIDADE
Para poder compreender os principais métodos de plantação e encontrar com mais facilidade informações sobre plantio


 personas-02.png
ATOR

Enfermeira que iniciou sua horta em casa, mas não tem muito conhecimento sobre o tema

AÇÃO
Gostaria de encontrar informações mais relevantes, com mais facilidade e ter um auxílio diário

FUNCIONALIDADE
Para obter informações diretas e mais focadas no local onde vive; Receber notificações diárias


 personas-03.png
ATOR

Professor, gostaria de ter uma vida mais saudável. Para isso iniciou uma horta em casa e realiza buscas constantes sobre o tema para se manter atualizado sobre o assunto

AÇÃO
Gostaria de ter informações atualizadas sobre o assunto e um banco de dados completo para poder plantar com segurança

FUNCIONALIDADE
Para acessar as informações relevantes sobre as plantas com facilidade e visualizar novidades no ramo das hortas urbanas


 personas-04.png
ATOR

Estudante, não possui uma alimentação saudável, mas gostaria de praticar este hábito. Nunca cultivou uma horta, porém gostaria de aprender. Busca na internet informações e soluções para poder realizar uma pequena plantação em casa, apenas como hoobie

AÇÃO
Gostaria de encontrar dados importantes sobre as plantas e saber a complexidade que cada hortaliça tem antes de plantá-las. Sendo estas informações explicativas e básicas, mas completas

FUNCIONALIDADE
Para visualizar os mínimos aspectos e dados de cada hortaliça antes de plantá-las e obter um passo a passo ilustrativo de como plantar elas

Storytelling

O Storytelling tem por finalidade demonstrar a interação de possíveis usuários com a ferramenta em desenvolvimento. Para esta etapa, utilizou-se duas personas criadas anteriormente. Observe abaixo a interação de cada personagem e assista a animação produzida.

Storytelling 1

Miriam é uma enfermeira de 49 anos. Tem quatro filhos e possui uma alimentação à base de vegetais.

Ela iniciou uma pequena horta em sua casa, mas não tem muito conhecimento sobre este tema. Sendo assim, decide utilizar os meios virtuais para encontrar informações sobre plantações caseiras.

Miriam baixa e instala o aplicativo Horta Urbana em seu smartphone, cria seu perfil personalizado e configura ele com a sua localização para obter dados mais precisos.

Ela, então, acessa a lista de hortaliças disponíveis para sua região. Escolhe o morango como sua primeira plantação via aplicativo. Ao pressionar o ícone, ela é direcionada à uma página com diversas informações sobre a fruta escolhida, como por exemplo: onde se pode conseguir as sementes/mudas da planta selecionada; quais os períodos de plantação e colheita; quais os tipos de vasos sugeridos para plantá-lo; etc.

Miriam separa suas ferramentas e segue as instruções do aplicativo para cultivar os morangos. Por ter seu perfil personalizado, ela tem a opção de adicionar a hortaliça à sua lista de cultivos. Neste ambiente ela visualiza todas as suas plantações, revisa dados sobre cada uma e configura as notificações em seu celular, como por exemplo, para lembrar de regar as plantas, já que nunca se recorda de fazer isso. Todos dias, exatamente às 8h, o aplicativo avisa Miriam sobre os cuidados com sua planta e simultaneamente comunica o desenvolvimento da horta.

Após alguns dias, os morangos estão prontos para serem colhidos. O programa, então, envia uma notificação para seu smartphone informando que as frutas estão maduras.

Miriam, contente com o resultado positivo de sua plantação, decide tirar e adicionar algumas fotos no aplicativo para compartilhar com seus amigos.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A ANIMAÇÃO

 

Storytelling 2

Bruna é uma estudante de 22 anos. Ela não possui uma alimentação saudável, mas tem muito interesse em praticar este hábito. Nunca cultivou uma horta, no entanto gostaria de aprender apenas como um hobby.

Por entender muito sobre tecnologia, Bruna utiliza a internet para buscar informações sobre plantações, porém muitos destes dados estão desatualizados, e além disso, não apresentam o grau de dificuldade que cada hortaliça possui. Por ser leiga no assunto, gostaria de iniciar sua horta com alimentos mais fáceis de plantar.

Bruna, baixa e instala o aplicativo Horta Urbana em seu celular. Ela decide não criar um perfil, já que sua intenção é apenas visualizar informações básicas das plantas para cultivá-las. Bruna apenas configura a sua localização para saber o que pode plantar em sua casa.

Ela acessa a lista de hortaliças e dentre as opções, escolhe pimenta como sua primeira plantação. Ao selecionar a planta, Bruna encontra vários dados que a auxiliam a realizar seu cultivo. A interface intuitiva e ilustrativa facilita o seu entendimento e, em poucos minutos, consegue realizar seu primeiro plantio.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A ANIMAÇÃO

Wireflow com a Descrição da Interação

Para apresentar o fluxo das funcionalidades do aplicativo, bem como elaborar os layouts de cada tela da ferramenta, será construído um wireflow com os respectivos wireframes.

Inicialmente, observou-se o aplicativo como um todo desenvolvendo um esquema que apresenta as principais telas e as demais ferramentas que precisam ser distribuídas nestes layouts.

Esquema para wireflow.jpg

Esquema com as principais telas do aplicativo e suas respectivas funções/ferramentas

 

Partindo deste esquema, a primeira etapa é organizar as telas, distribuindo as ferramentas nos layouts. Abaixo é exibido os principais wireframes do aplicativo com as suas respectivas nomenclaturas e descrições.

Wireframe COMPLETO_HORTA URBANA-01.png

 

Em seguida, é construído o wireflow geral da ferramenta, definindo o fluxo de interação do usuário com o aplicativo. Uma sequência de função e resposta do sistema.

Wireframe COMPLETO_HORTA URBANA-02.png

Hordusy

Identidade e Diferenciação (APS)

Desenvolvimento da Assinatura Visual

A identidade visual tem grande importância para um aplicativo. Ela é o primeiro contato que o público tem com o produto.

Levando em conta todos os elementos que compõem uma assinatura visual, observou-se a necessidade de dividir o processo de construção em etapas. Inicialmente, com base em pesquisas e estudos, será escolhido o naming para o software. Em seguida, serão apresentados os esboços e primeiros estudos de símbolo e logotipo. E, por último, as informações e observações de uso e as restrições ligadas à assinatura visual.

 

Naming

Para desenvolver o naming do aplicativo, utilizou-se como base um quadro com palavras-chave referentes ao tema. Além de palavras em português, termos em latim e em inglês foram incluídos neste estudo. Observe a imagem a seguir.

Palavras_chave.jpg

Palavras-chave definidos para o naming do aplicativo

 

Posteriormente, utilizou-se este quadro de palavras para sugerir nomes. Variadas técnicas de construção de nomenclatura foram aplicadas. Como exemplo principal, pode-se citar o emprego de sufixos e prefixos de termos.

Dentre todas as opções apontadas, o nome escolhido pelo grupo foi "Hordusy". A imagem que segue apresenta estes estudos e a escolha do naming final.

Sugestões de nomes.jpg

Sugestões de nomes e escolha do termo

 

A palavra "Hordusy" origina-se dos termos horta, orgânico, urbano, dux ("líder/chefe" em latim) que em sua pronúncia lembra "do" (fazer em inglês) e easy ("fácil" em inglês). Veja a explicação que segue.

Significado nome.jpg

Explicação do naming

 

O nome escolhido foi verificado nos dois principais sites de registro de marca Registro.br e INPI. Em ambos o nome encontra-se como disponível.

identidade-13.png

Verificação do naming no site Registro.br

 

identidade-14.png

Verificação do naming no site INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial)

 

Com o naming definido, a próxima etapa é elaborar o logotipo e o símbolo do software. Para isso, foram desenvolvidos moodboards, esboços à mão e testes preliminares.

Moodboard

Os moodboards foram desenvolvidos com base em três temas principais que norteiam o aplicativo. São eles: Horta, Urbano e Tecnologia. Observe cada um deles a seguir.

identidade-01.png

Moodboard 01 | Tema: Horta

 

 

identidade-02.png

Moodboard 02 | Tema: Urbano

 

identidade-03.png

Moodboard 03 | Tema: Tecnologia

 

Construção da assinatura visual

A partir do nome definido anteriormente, determinou-se que a letra Y será utilizada como padrão para desenvolver a identidade visual do aplicativo. Desta forma, tanto para o símbolo quanto para o logotipo a base de construção tem como foco este caractere. Foi definido que o tipo representaria um galho, e em sua extremidade superior seria possível incluir uma folha.

Estudos de ícones.jpg

Esboço à mão do logotipo e símbolo

 

identidade-06.png

Testes preliminares do logotipo e símbolo

 

Grid de construção e área de proteção

Como dito anteriormente, a base de construção da assinatura visual é a letra Y. Portanto, a composição do grid também origina-se deste caractere. A altura do tipo resulta em um módulo da grade, que por sua vez se divide em quatro partes iguais. Observe a seguir.

identidade-07.png

 

As divisões dos módulos servem de apoio para a delimitação da área de proteção do conteúdo.

identidade-08.png

 

Informações da assinatura visual

  • Reduções

A redução máxima do símbolo é 20 milímetros de altura. Para o logotipo, o valor absoluto de redução é de 10 milímetros de altura.

identidade-10.png

 

  • Variações da assinatura visual

São três as possibilidades de variações da assinatura visual: Cores padrão, fundo escuro e cor única.

identidade-09.png

 

  • Restrições da assinatura visual

As restrições referem-se ao que não se pode fazer com o logotipo e símbolo. Abaixo são listadas algumas limitações de uso para a assinatura visual.

identidade-11.png

 

 

Identidade visual completa

 

  • Logotipo
    identidade_CS5-18.png

 

  • Símbolo
    identidade_CS5-17.png

 

Aplicações da identidade visual

Vaso.jpg  Garrafa.jpg

Escolha Tipográfica

O processo de escolha tipográfica tem como parâmetro os dados extraídos das análises de similares e referências realizadas anteriormente. Verifica-se a utilização de uma tipografia arredondada e em caixa-baixa no logotipo e, internamente nos textos dos layouts, uma fonte legível em tela. 

Desta forma, a tipografia aplicada ao logotipo será a Dosis, desenvolvido por Pablo Impallari é uma fonte simples, sem serifa e com as extremidades arredondadas. O estilo (peso) selecionado para o logotipo é a Dosis Medium, visto que torna a leitura harmônica e clara. Para os títulos internos (do layout) será utilizada a Letters for Leaners, que segue o formato arredondado da tipografia anterior. No entanto, possui caracteres mais finos e irregulares. A Roboto destina-se aos textos e demais partes descritivas. Esta fonte foi desenvolvida especialmente para dispositivos móveis. Segundo Christian Robertson, designer que projetou a tipografia,

"Roboto tem uma natureza dupla. Tem um esqueleto mecânico e as formas são em grande parte geométricas. Ao mesmo tempo, a fonte apresenta curvas amigáveis ​​e abertas. Enquanto alguns grotesks distorcem suas formas de letras para forçar um ritmo rígido, Roboto não compromete, permitindo que as letras sejam ajustadas em sua largura natural. Isso contribui para um ritmo de leitura mais natural, mais comumente encontrado nos tipos humanistas e serifadas (tradução livre)."

 

Portanto, temos as seguintes fontes definidas.

 

identidade-05.png

Escolha do Padrão Cromático

O padrão cromático foi definido com base no tema principal do aplicativo: Horta. Foram selecionadas algumas fotos para análise de cor. Observe a seguir os resultados obtidos.

 color-15.png

color-16.png

Análise de cores em fotos. Fonte: palettegenerator.com

 

Identifica-se a utilização de tons de verde, marrom e branco (como auxiliar). Logo, estas serão as cores que farão parte do software. A seguir, é exibido a paleta cromática para o aplicativo.

identidade-04.png

 

 

Definição Imagética

Partindo dos wireframes desenvolvidos na parte de Reconstrução: Wireflow com a Descrição da Interação, foram escolhidos os ícones que vão compor o aplicativo. Inicialmente encontram-se os glifos gerais, que serão distribuídos nos layouts, tendo como função principal facilitar a identificação da ferramenta por parte do usuário. Em seguida, serão apresentados os ícones das hortaliças, que estarão disponíveis na página inicial do aplicativo.

ICONES_-12.png

Desenho das telas da interface

Com a parte de identidade definida, a próxima etapa é a produção das telas do aplicativo. Para isso, foi elaborado um grid com módulos de dimensões: 13,5 x 14 px. Observe a seguir.

 grid.png

 Grid utilizado para produção das telas

 

Grid aplicado.png

Aplicação do grid no layout do aplicativo

 

Foram elaboradas as principais telas do aplicativo e algumas secundárias que o grupo considerou necessário apresentar. Para melhor visualização dos layouts, todas as telas encontram-se na seguinte pasta do Google Drive (Clique aqui para acessar).

 

Protótipo Interativo

A partir das telas desenhadas no item anterior, um protótipo interativo demonstrando as principais funcionalidades do aplicativo é projetado.

Veja a seguir o modelo desenvolvido.

 

 

Diferenciação

Após o desenvolvimento do protótipo do aplicativo, foram realizados testes com possíveis usuários da plataforma. Para isso, solicitou-se que alguns voluntários interagissem com o modelo funcional. Em seguida, os participantes foram convidados para definir sua experiência com o programa por meio de dois gráficos. A intenção é visualizar como eles percebem o aplicativo após utilizá-lo. Veja a seguir os resultados obtidos.

 

Tabela Descrição-01.png

 

Tabela Descrição-02.png

Gráfico de diferenciação

 

As folhas verdes referem-se ao posicionamento escolhido pelos participantes para o aplicativo. Estas indicações têm como base as palavras definidas nos extremos do plano cartesiano, sendo uma antônimo da outra.

Considerações Finais

Por fim, conclui-se que a elaboração deste projeto oportunizou a exploração de novos horizontes, assim como novas aprendizagens.

O assunto horta urbana está ganhando cada vez mais ênfase, o que torna este material importante para um futuro não tão distante.

O tema abordado surgiu dentre várias outras ideias. Contudo, a falta de aplicativos específicos e acessíveis neste ramo definiu a escolher desta temática.

O software alcançou diretamente os objetivos planejados inicialmente. O protótipo final obtido pelo grupo foi extremamente satisfatório, bem como os feedbacks obtidos na etapa de diferenciação. Sendo este último tópico de maior importância para a conclusão do projeto.

Hordusy

Referências Bibliográficas

Recomendadas e Aceitas

Gerais

  • CUSTÓDIO, Mônica. Mapa da empatia: o que é e 6 passos para criar um de qualidade. Disponível em: . Acesso em: 08 mar. 2017.
  • DICIO, Dicionário Online de Português, https://www.dicio.com.br Infopédia, Dicionários Porto Editora, https://www.infopedia.pt Dicionario Criativo, https://dicionariocriativo.com.br/, beta v3 Priberam, https://priberam.pt Dicionario Web, https://www.dicionarioweb.com.br/
  • VELOSO. Thássius. Roboto, a fonte padrão do Ice Cream Sandwich, livre para baixar. Disponível em: . Acesso em 12 jun 2018. ROBERTSON, Christian. Roboto. Google Fonts. Disponível em: . Acesso em 12 jun 2018.